Reciclagem – Importância para o Meio Ambiente, Tipos de Reciclagem

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

O que é reciclagem?

A reciclagem nada mais é do que um processo que atua transformando materiais já utilizados em novos produtos. Dessa forma, diversos produtos que teriam o lixo como seu destino podem ser reaproveitados.

Reciclagem é um termo que vem ganhando muita popularidade, especialmente na última década. Ele serve como uma forma de alertar sobre a importância de preservar os recursos naturais e também o meio ambiente.

O melhor de tudo é que o processo de reciclagem pode ser feito com diversos materiais. Dessa forma, é possível transformar peças de plástico, alumínio, papel e vidro.

Isso torna possível utilizar os recursos naturais de forma mais consciente. Assim, reduz-se a poluição do solo, da água e do ar.

Benefícios da reciclagem

A reciclagem é capaz de oferecer uma grande quantidade de benefícios. Esses benefícios abrangem tanto o meio ambiente como também os seres humanos, visto que dependem do meio ambiente para viverem bem.

O primeiro benefício que pode ser citado é a redução e prevenção de riscos à saúde pública. Isso porque com a reciclagem os resíduos recebem um destino adequado e não terminam em aterros ou lições. Dessa forma, evita-se a contaminação do solo, do ar e de rios, que poderiam causar doenças e favorecer a proliferação de patogênicos.

Além disso, tampem ocorre uma diminuição nos impactos ambientais. Tanto os resíduos degradáveis como s não degradáveis, em sua grande maioria, não são digeridos pelo organismo dos seres decompositores.

Dessa forma, o resultado é que eles se mantem no solo, tornando mais difícil a sobrevivência de diversos outros seres vivos. A consequência disso são os desequilíbrios ecológicos do ecossistema.

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

Mais do que isso, a reciclagem também apresenta os seguintes benefícios:

  • Economia de recursos naturais: ao reciclar os resíduos, evita-se a extração de mais matéria-prima para a produção de novos produtos.
  • Redução de gastos: é possível reduzir os gastos de limpeza urbana, de controle de poluição, de tratamento de doenças, de construção de novos aterros sanitários, recuperação de áreas degradadas, de energia elétrica e etc.

Mais do que isso a reciclagem ainda proporciona a interação e a inclusão social para pessoas que vivem em condições sub-humanas, com a oferta de emprego.

Tipos de reciclagemReciclagem

A reciclagem é um processo que utiliza materiais de descarte como matéria prima para a criação de novos produtos. No entanto, dependendo do material é o tipo de reciclagem ao qual ele pode ser submetido, veja:

Reciclagem em anel fechado

A reciclagem em anel fechado reutiliza materiais a fim de evitar a extração de nova matéria prima para a produção. A reciclagem em anel fechado é feita com aqueles matérias que podem ser reutilizados por indeterminadas vezes.

O alumínio e vidro, por exemplo, podem ser reciclados infinitas vezes sem se contaminar ou perder as suas propriedades. Por isso diz-se que eles se reciclam em anel fechado pois são produzidos, utilizados e voltam para a produção para serem recuperados e utilizados novamente, em um ciclo fechado.

Reciclagem em anel aberto

A reciclagem em anel aberto é feita com outros tipos de materiais, como o plástico e o papel. Um bom exemplo é a garrafa PET, que é produzida de matéria-prima virgem. Depois, no processo de reciclagem ela pode se tornar outros produtos, como mangueiras e depois transformada em produtos como vassouras, por exemplo.

No entanto, ao passar pelo processo o plástico, bem como o papel, perde um pouco e suas propriedades. Por isso, normalmente é adicionada matéria prima virgem juntamente com a reciclada.

Pela perda de suas propriedades o plástico tem um limite na quantidade de reciclagens e vai se tornando sempre produto de menor qualidade.

Cores dos cestos de separação para reciclagem

No nosso país, a reciclagem possui um código de cores que indica i tipo de material que deve ser descartado, veja:

  • Azul: papel, papelão e etc.
  • Vermelho: plásticos
  • Amarelo: metal
  • Verde: vidro
  • Preto: madeira
  • Laranja: resíduos perigosos
  • Roxo: resíduos radioativos
  • Branco: resíduos hospitalares
  • Marrom: resíduos orgânicos
  • Cinza: resíduos não recicláveis e outros.

Exemplos de Produtos Recicláveis

O fato é que mesmo a reciclagem sendo um assunto bastante presente, ainda há bastante dúvidas a respeito da classificação dos resíduos. Então, veja alguns exemplos de produtos que são recicláveis e saiba como classifica-los:

  • Papel: inclui jornais, revistas, caixas de papelão, folhetos e embalagens de papel. Não inclui guardanapos e toalhas de papel usados, por exemplo.
  • Vidro: inclui potes de alimentos (como os e conserva ou de papinha de bebê e copos de requeijão), frascos de medicamentos, garrafas, cacos de vidro em geral.
  • Plástico: inclui potes plásticos, sacos, garrafas PET, sacolas de supermercado e embalagens.
  • Metal: latinhas de alumínio, pregos, latas de aço, tampas (incluído as e vidros de conserva), cobre, alumínio.

Política dos 3R’s

Os 3 R’s da sustentabilidade nada mais são do que ações que têm como objetivo o estabelecimento de uma relação mais harmônica entre o meio ambiente e o consumidor. Para isso, são adotadas práticas simples que visam a diminuição dos custos de vida, e favorecem o desenvolvimento da sustentabilidade.

Os 3 R’s são de Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Veja um pouco mais sobre cada um deles logo abaixo.

Reduzir

O “R” de reduzir visa conscientizas as pessoas para que fiquem mais atentas. É preciso prestar atenção ao que se compra no dia d dia e nos serviços que se contrata.

Isso porque a maioria das pessoas compra coisas que acaba usado pouco ou que sequer utiliza. Sendo assim, é importante diminuir o consumo desses serviços e bens, adequando-os à necessidade e não à vontade. Isso evita desperdício.

Veja algumas ações que podem ser postas em prática para reduzir:

  • Usar a água de forma racional: tomar banhos mais curtos, não desperdiçar, não lavar a calçada ou o carro com água corrente, cuidar os vazamentos, etc.
  • Economizar energia: desligar as luzes que não estão sendo utilizadas, usar o aquecimento solar, fazer banhos curtos com chuveiro elétrico, etc.
  • Economizar combustíveis: usar a bicicleta ou meios alternativos para locomoção. Diminui a poluição do ar e favorece a saúde.

ReutilizarReciclagem do Lixo

O segundo “R” e de reutilizar e o nome é autoexplicativo. O fato é que muitas coisas são descartadas quando poderiam ser reutilizadas para outras finalidades. Ao reutilizar é possível gerar uma economia doméstica e ainda contribuir para a sustentabilidade do planeta.

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

Isso porque tudo aquilo que é fabricado necessita de energia e matéria-prima em sua produção. Então, ao descartar algo que poderia ser reutilizado, se descarta também energia da fabricação, combustível do transporte, matéria prima e etc.

Veja algumas ações que podem ser postas em prática para reutilizar:

  • Costurar roupas rasgadas ou transformá-las em novas peças.
  • Transformar garrafas e potes em vasos para plantas
  • Doar monitores, impressoras e computadores pra entidades sociais.
  • Transformar folhas com impressão só de um lado em papel para rascunho, usando o lado que ainda está em branco.
  • Consertar ou doar móveis velhos ou estragados, tais como armários, sofá estantes, guarda-roupas, mesa, cadeira e etc.
  • A água da lavagem de roupas pode ser utilizada no quintal ou na descarga.
  • Usar potes e embalagens para criar brinquedos divertidos e interessantes.

Reciclar

O último “R” é de recicla, que compreende tudo o que já foi falado até agora, lembrando que nos dias de hoje a reciclagem é praticamente uma obrigação. Sendo assim, a primeira coisa a ser feita é a separação dos resíduos, classificando-os como plástico, vidro, papel, metal e não-recicláveis.

Depois, basta encaminhar os recicláveis adequadamente, para que eles posam entrar novamente no sistema produtivo.

Veja algumas ações que podem ser postas em prática para reciclar:

  • Separar o lixo reciclável do orgânico, encaminhando-os corretamente aos seus destinos.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre reciclagem, sua importância, benefícios para o planeta e o princípio dos 3 R’s. Aproveite!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.