Primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna – História, Modalidades


Veremos aqui os Primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna, suas modalidades, e o quanto evoluiu até hoje. Continue lendo e descubra tudo sobre o assunto.

História das olimpíadas

Os jogos olímpicos foram criados pelos gregos como homenagem aos deuses do Olimpo, especialmente Zeus. Mas somente 776 a.C. que aconteceram as primeiras olimpíadas de maneira organizada e com a presença de vários atletas de cidades diferentes.

Os jogos aconteciam na cidade de Olímpia, de onde originou o nome olimpíadas. Naquela época já ocorriam várias competições como: corrida de cavalo, luta, atletismo, boxe e pentatlo.

As finalidades dos jogos eram, além da religiosidade, manter a harmonia e a paz entre as cidades gregas. Os gregos preocupavam-se também com os esportes e com manter o corpo saudável.

Quando a Grécia foi invadida e dominada pelos romanos, muitas tradições, entre elas as olimpíadas, foram abandonadas. No ano 392 d.C., tanto os jogos, como qualquer expressão religiosa foram condenadas pelo imperador Teodósio I. Isso porque ele se converteu ao cristianismo.

No final da Hélade, as olimpíadas ficaram no esquecimento por muito anos. Outros esportes foram desenvolvidos, mas nada que se comparasse com o festival dos Jogos de Olímpia. Somente na década de 1890 o pedagogo e aristocrata suíço Pierre de Frédy, também conhecido como o Barão de Coubert, reiniciou os costumes como as antigas olimpíadas.


Modalidades disputadas

Atletismo

Jogos Olímpicos da Era Moderna Modalidades

O atletismo participa dos jogos olímpicos desde a primeira edição, em Atenas na Grécia em 1896. A participação das mulheres só iniciou em 1928, em Amsterdã.

No total o atletismo tem 26 provas. Desde 1952, nenhuma prova foi excluída ou incluída no programa oficial.

Ciclismo

O ciclismo é outra modalidade que entrou nos jogos olímpicos na sua primeira edição em Atenas. Isso acontecei no an de 1896.

Ciclismo de estrada

Foi a primeira categoria dos jogos olímpicos a ser disputada sobre uma bicicleta. Como nos outros esportes, as mulheres não podiam competir. Isto só mudou em 1984 em Los Angeles quando as mulheres foram autorizadas a participar da prova individual.

As bicicletas para esta prova são leves (7kg), quadro de carbono e seu guidão é baixo para beneficiar sua aerodinâmica. Isso ajuda o atleta a economizar sua energia.

Dentro desta categoria existe duas formas de disputa: corrida ou contrarrelógio. No primeiro caso o vencedor será que cruzar a linha de chegada primeiro. No contrarrelógio vence quem terminar o percurso em menor tempo.

Ciclismo de pista

Esta prova é realizada em um velódromo e a velocidade é seu principal fator. Também era disputada somente pelos homens até 1988, quando as mulheres começaram a participar nas olimpíadas de Seul. Atualmente são realizados 10 tipos de provas, divididas entre homens e mulheres.

Esgrima

A esgrima faz parte das disputas desde a primeira olimpíada em 1896, em Atenas. Somente a partir de 1924 as mulheres puderam participar. Os competidores utilizam roupas especiais, que possuem um sensor que indica o golpe atingido auxiliando o juiz na marcação.

São 3 provas diferentes: espada, sabre e florete. A prova do florete é individual, enquanto o sabre e a espada admitem disputa individual ou por equipe.

Ginástica

A ginastica é uma das atrações principais das olimpíadas. Participa desde 1896. Sua participação requer habilidade, força e delicadeza para desempenhar as series da ginastica artística, manejar as fitas e os arcos na ginastica rítmica e ainda conseguir executar os saltos no trampolim.

Esta modalidade é praticada por homens e mulheres.  Nos aparelhos os homens concorrem a medalha nas argolas, barra fixa, barra paralela e no cavalo com alça. As mulheres disputam na barra de equilíbrio, barra assimétrica e na trave. No salto e no solo a disputa vale para os 2 gêneros.

Alguns atletas de destacaram nesta modalidade como a Romena Nádia Comaneci. Foi a primeira ginasta que conseguiu nota 10 de todos os juízes (barra assimétrica) em 1976 nos jogos de Montreal. Nesta edição, ela conseguiu 5 medalhas (3 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze).

Lutas

A luta também é uma modalidade antiga nos jogos. Iniciou na Grécia no século VII a.C.

Existem 2 modalidades:

  • A luta olímpica é uma modalidade onde somente os homens participam. Neste caso, os lutadores só podem usar os braços e o tronco. Usar as pernas para tombar o adversário ou segura-lo da cintura para baixo é proibido.
  • Na segunda modalidade, as mulheres participam desde 2004 em Atenas. Os atletas podem usar braços e pernas para defesa e ataque. São proibidos: estrangulamentos, puxões de cabelo e golpe baixo.

Nas 2 modalidades o objetivo é dominar o adversário.

Natação

A natação é uma das modalidades mais tradicionais das olimpíadas. Está presente no evento desde 1896. As provas femininas foram incluídas em 1912, na Suécia, em Estocolmo.

É a modalidade que mais distribui medalhas depois do atletismo.

A natação dispõe de 16 provas que são disputadas entre mulheres e homens. Os estilos são: borboleta, costas, livre, peito, medley. O atleta tem que nadar no menor tempo e no estilo especifico, para superar seu oponente.

O Brasil possui apenas 1 medalha de ouro adquirida em olimpíadas. Foi em 2008 nas olimpíadas de Pequim. O atleta César Cielo nos trouxe esta medalha na prova de 50 metros livre.

O pais campeão de medalhas é os Estados Unidos. Já conquistaram 520 medalhas (230 de ouro, 164 de prata e 126 de bronze).

Tênis

O tênis também iniciou sua participação em Atenas em 1896. A participação feminina ocorreu em 1900 em Paris, mas foi retirada em 1928 na edição de Londres. Só retornou de maneira oficial em Seul em 1988. Neste intervalo participou dos jogos de Tóquio (em 1968) e em Los Angeles (em 1984) apenas como esporte de apresentação.

Desde 2012 o tênis concorre nas seguintes modalidades: simples (masculino e feminino), duplas (masculino e feminino) e duplas (mista).

O Brasil já participou no tênis em nove olimpíadas. Não conquistou nenhuma medalha. A melhor classificação brasileira foi em 1996 em Atlanta, quando Fernando Meligeni conquistou o quarto lugar.

Nesta modalidade os Estados Unidos é o país com o maior número de medalhas de ouro (20). Mas a Grã-Bretanha é a campeã em quantidade num total de 44.

Tiro

A competição de tiros é separada em duas modalidades: com arco e esportiva.

Esportiva

É a mais antiga, e está nos jogos olímpicos desde 1896 em Atenas.  Teve períodos de ausência nas olimpíadas mas retornou em 1972 em Munique em permanece até os dias atuais.

A modalidade esportiva (mais antiga) é dividida em 3 categorias: pistola, carabina e tiro ao prato. Somente os homens podiam participar. Em 1968 na cidade do México, as mulheres conquistaram pela primeira vez o direito de participar. Nesta época as provas eram mistas. Somente em 1984 (16 anos depois) as atletas femininas conseguiram competir sozinhas em 2 categorias: carabina de ar e pistola de ar.

Atualmente o tiro esportivo disputa em 15 categorias (6 femininas e 9 masculinas).

Tiro com arco

A modalidade com arco estreou sua participação em Paris (em 1900).  Participou até hoje de 14 jogos olímpicos. É um dos esportes mais tradicionais do mundo. O arco usado é recurvado com um método simples.

Nesta modalidade o Brasil já conquistou 3 medalhas, sendo 1 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze. O campeão de medalhas na categoria esportiva é os Estados Unidos com 107, sendo 53 de ouro, 29 de prata e 25 de bronze. Na categoria tiro com arco a liderança é da Coreia do Sul com 34 medalhas, sendo 19 de ouro, 9 de prata e 6 de bronze.

Competidores do sexo feminino

Em Atenas, em 1896, as mulheres foram proibidas de participar de qualquer prova olímpica. Em 2016, cento e vinte anos depois, no Rio de Janeiro, as mulheres tiveram a maior participação da história das olimpíadas. De acordo com informações do Comitê Olímpico dos 11.437 atletas, 5.180 são mulheres, que significa 45,29%.

Das atletas femininas predomina os Estados Unidos, com 52,06 % da sua equipe.

Cerimônia de encerramentoPrimeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna

A cerimônia de abertura é esperada com grande ansiedade por todos os participantes e o público em geral.

A cada olimpíada, o país sede se esforça mais e mais para apresentar um grande espetáculo. A participação de todos os atletas, grandes artistas e a tecnologia tem dado um grande brilho a este momento. Muitos projetos e pessoas são envolvidos para que tudo dê certo. O Brasil deu um show na sua cerimônia de abertura em 2016.

Países participantes

Esta lista dispõe o nome dos 206 países que participaram na última olimpíada – Rio de Janeiro-2016.  Segue ordem alfabética em Português:

 

Afeganistão

África do Sul

Albânia

Alemanha

Andorra

Angola

Antígua e Barbuda

AOI (Atletas Olímpicos Independentes)

Arábia Saudita

Argélia

Argentina

Armênia

Aruba

Austrália

Áustria

Azerbaijão

Bahamas

Bangladesh

Barbados

Bareine

Belarus

Bélgica

Belize

Benin

Bermudas

Bolívia

Bósnia-Herzegovina

Botsuana

Brasil

Brunei Darussalam

Bulgária

Burkina Faso

Burundi

Butão

Cabo Verde

Camarões

Camboja

Canadá

Catar

Cazaquistão

Chade

Chile

China

Chipre

Cingapura

Colômbia

Comores

Congo

Congo, Repúplica Democrática

Costa do Marfim

Costa Rica

Croácia

Cuba

Dinamarca

Djibuti

Dominica

Egito

El Salvador

Emirados Árabes Unidos

Equador

Eritreia

Eslováquia

Eslovênia

Espanha

Estados Unidos

Estônia

Etiópia

Ex-República Iugoslava da Macedônia

Federação da Rússia

Fiji

Filipinas

Finlândia

França

Gabão

Gana

Geórgia

Grã-Bretanha

Granada

Grécia

Guam

Guatemala

Guiana

Guiné

Guiné Equatorial

Guiné-Bissau

Gâmbia

Haiti

Honduras

Hong Kong, China

Hungria

Ilhas Cayman

Ilhas Cook

Ilhas Marshall

Ilhas Salomão

Ilhas V. Britânicas

Ilhas Virgens, EU

Índia

Indonésia

Irã

Iraque

Irlanda

Islândia

Israel

Itália

Iêmen

Jamaica

Japão

Jordânia

Kiribati

Kosovo

Kuaite

Laos

Lesoto

Letônia

Líbano

Libéria

Líbia

Liechtenstein

Lituânia

Luxemburgo

Madagascar

Malásia

Maláui

Maldivas

Mali

Malta

Marrocos

Maurício

 Mauritânia

México

Micronésia

Mongólia

Montenegro

Moçambique

Myanmar

Mônaco

Namíbia

Nauru

Nepal

Nicarágua

Níger

Nigéria

Noruega

Nova Zelândia

Omã

Países Baixos

Palau

Palestina

Panamá

Papua Nova Guiné

Paquistão

Paraguai

Peru

Polônia

Porto Rico

Portugal

Quirguistão

Quênia

Repúplica Centroafricana

República da Coréia

República da Moldova

República Dominicana

República Tcheca

Romênia

ROT (Time Olímpico de Refugiados)

República Popular Democrática da Coréia

Ruanda

Samoa

 Samoa Americana

San Marino

Santa Lúcia

São Cristóvão-Névis

São Tomé e Príncipe

São Vicente e Granadinas

Seicheles

Senegal

Serra Leoa

Sérvia

Síria

Somália

Sri Lanka

Suazilândia

Sudão

Sudão do Sul

Suécia

Suíça

Suriname

Tadjiquistão

Tailândia

Taipé Chinesa

Tanzânia

Timor-Leste

Togo

Tonga

Trinidad e Tobago

Tunísia

Turcomenistão

Turquia

Tuvalu

Ucrânia

Uganda

Uruguai

Uzbequistão

Vanuatu

Venezuela

Vietnã

Zimbábue

Zâmbia

 

Os símbolos olímpicos

As olimpíadas se realizam de quatro em quatro anos. Diversos países se reúnem para esta enorme festa que acabou tomando proporção mundial.

Com a renovação deste espetáculo na era contemporânea e a formação do COI (Comitê Olímpico Internacional), foram criados os símbolos para caracterizar os jogos.

Além de representar a unidade dos países participantes, eles também simbolizam a paz e a universalidade do esporte.

São eles:

  • Anéis Olímpicos (aros)
  • O hino
  • O Lema
  • As mascotes
  • A Tocha
  • As medalhas
  • O juramento

Como uma manifestação simbólica a bandeira olímpica é entregue a próxima cidade sede, ao final de cada edição das olimpíadas.

A evolução dos Jogos Olímpicos

Na primeira edição dos jogos olímpicos (Atenas-1896) somente 14 países participaram das disputas.

Somente na década de 60 os jogos começaram a ter maior participação dos países.

Durante três edições (Montreal-1976, Moscou-1980 e Los Angeles-1984) as olimpíadas sofreram um boicote por razões políticas. Na edição seguinte (Seul-1988) começou a subir o número de países participantes. Atingiu o auge em Atenas-2004, quando chegou ao número de 200 países participantes.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre os primeiros jogos olímpicos da era moderna. Aproveite!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *