Guerra de Canudos – O que é? Resumo, Causas e Consequências

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

Canudos era uma pequena aldeia, às margens do rio Vaza-Barris, situado na Bahia. Em 1983, um grupo de fiéis reuniu-se para seguir Antônio Conselheiro. Antônio, um beato que nasceu no Ceará e pregava a salvação de suas almas para que quem o seguisse. Após uma longa peregrinação pelo sertão do Sergipe e Pernambuco, chegaram ao interior da Bahia.

Instaram-se em Canudos. Lá, eles ergueram a “Cidade Santa”, que tornou-se um verdadeiro refúgio para os perseguidos e desprotegidos. O arraial de Canudos era uma comunidade acolhedora, com cerca de 30 mil habitantes e 5 mil casas. Lá, tudo era de todos, como os rebanhos, as lavouras e onde não havia diferenças sociais.

Para os sertanejos que ali viviam, o arraial de Canudos era a “terra prometida”. Para os padres que viam seus fiéis se afastarem cada vez mais e para os grandes proprietários de terras, que viam sua mão de obra se perder, aquele lugar era um verdadeiro antro de fanáticos.

O que foi a guerra de canudos?

A Guerra de Canudos foi um confronto que aconteceu entre o Exército da República e um movimento popular de cunho sócio-religioso, na comunidade de Canudos, e que durou do ano de 1896 a 1897. Esse movimento popular era liderado pelo peregrino Antônio Conselheiro.

Motivo da guerra

A Guerra foi resultado de uma grande crise econômica e social que acontecia na região naquela época.

Região essa que caracterizava-se, historicamente, por latifúndios improdutivos e, para agravar ainda mais a situação, a população ainda enfrentava uma onda de desemprego crônica e secas cíclicas, fome, violência, falta de apoio político e até o fanatismo religioso.

Nesse contexto, milhares de sertanejos foram para Canudos em busca de melhores condições, da salvação que lhes livrassem do flagelo do clima, dos infortúnios que viviam, da intensa miséria, da exclusão econômica e social.

Resumo da guerra de canudos

Antônio Conselheiro na Guerra de Canudos
Antônio Conselheiro na Guerra de Canudos

No início, na comunidade de Canudos, o regime republicano recém-adotado no país, não era contestado pelos sertanejos. O que aconteceu foram apenas algumas mobilizações esporádicas contestando a municipalização da cobrança de impostos.

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

No entanto, criou-se em torno de Antônio Conselheiro e seus companheiros, uma imagem equivocada de que eles seriam “monarquistas perigosos” que estariam a serviço de potências estrangeiras.

Acreditava-se que eles estariam se organizando para atacar as cidades vizinhas.

E que seguiriam para a capital com a intensão de deporem o governo republicano e reinstalarem a monarquia.

Os responsáveis por essa falsa imagem eram os grandes fazendeiros, a igreja, a imprensa e o clero da região.

Eles começaram a se incomodar com uma nova cidade independente e com constantes migrações de pessoas e de valores para essa suposta nova cidade.

Iniciou-se uma forte pressão para que o governador da Bahia enviasse suas tropas para combater os sertanejos.

O fato é que, mesmo sem provas, o Exército foi enviado para Canudos.

Porém, as três expedições militares saíram derrotadas de Canudos.

Esse fato que assustou a opinião pública e deu legitimidade para que ocorresse o verdadeiro massacre, que resultou na morte de milhares de sertanejos, na total destruição de Canudos, na destruição de todas as casas e na degola de muitos prisioneiros.

Como terminou a guerra de canudos?

A Guerra de Canudos terminou em 5 de outubro de 1897. Foram três derrotas que o exército sofreu ao atacar a comunidade de Canudos.

O resultado da trágica guerra, foi a morte de mais de 20 mil seguidores do Conselheiro, de cerca de 5 mil soldados, a destruição de todas as casas  e a degola de vários prisioneiros da guerra.

Antônio Conselheiro morreu alguns dias antes do fim da guerra, em 5 de outubro de 1897.

Não se sabe o verdadeiro motivo, mas especula-se que tenha sido por alguma doença, ou por ferimentos da guerra.

Consequências

Prisioneiros da Guerra de Canudos
Prisioneiros da Guerra de Canudos

Vejamos abaixo as principais consequências da Guerra de Canudos:

  • O latifúndio e o coronelismo se fortaleceram após a Guerra de Canudos;
  • Muitas pessoas morreram durante a guerra;
  • Vários foram os soldados mortos em virtude de doenças típicas da região;
  • O governo brasileiro ficou com uma má reputação após o genocídio. Inúmeros moradores da aldeia de Canudos, após renderem-se, morreram degolados;
  • O governo prometeu moradia para alguns soldados caso servissem à guerra.

No entanto, como o governo estava demorando muito para cumprir a promessa, os soldados instalaram-se no Morro da Providência, situado no Rio de Janeiro, em casas muito mal construídas.

Como o local se parecia muito com o “Morro do Alto da Favela”, onde aconteceram as lutas de Canudos, todos começaram a chamar de “Favela” onde os soldados se estabeleceram;

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS
  • As finanças do governo ficaram muito abaladas devido a tantos gastos com a guerra com suprimentos, tropas, e etc;
  • Algum tempo após o fim da guerra, alguns descendentes dos seguidores de Antônio Conselheiro, e também outras pessoas construíram uma nova cidade no mesmo local onde era a aldeia de Canudos.

O exército foi enviado para acabar com Canudos novamente, no ano de 1969. No local, foi criado o açude de Corobó,

  • O crânio de Antônio Conselheiro ficou na Faculdade de Medicina, na Bahia, até 1905, após um incêndio destruí-la.

Filme da guerra de canudos

A Guerra de Canudos virou um filme em 1997, para contar essa trágica história. Guerra essa considerada a mais violenta que já ocorreu no Brasil. Com a direção de Sérgio Rezende, e no  elenco Paulo Betti, Marieta Severo, José Wilker e Cláudia Abreu. Seu lançamento foi em 3 de outubro de 1997. Seu orçamento total foi de R$ 6.500.000,00.

você pode gostar também
1 comentário
  1. Manoel Martins Barros Diz

    Muito bom. Excelente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.