George Boole – Biografia, Álgebra Booleana, Obras, Frases


Existem algumas figuras que marcam o seu tempo e deixam como legado descobertas que mudam a o curso da história. Um exemplo é George Boole, um importante matemático.

Então, para saber um pouco mais sobre a sua história, descobertas e teoremas, continue lendo. Descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!

Quem foi George Boole?

George Boole nasceu no dia 2 de novembro de 1815 em Lincoln. Faleceu no dia 8 de dezembro de 1864 em Ballintemple. Ele foi um importante matemático e filósofo tendo como seu principal feito a criação da álgebra booleana. Essa é imprescindível até os dias de hoje no desenvolvimento da computação como conhecemos hoje.

Biografia de George Boole

O pai de George Boole era dono de uma modesta loja de sapatos na Inglaterra. O que se esperava de crianças dessa classe era que aprendessem o catecismo. Elas não deveriam ser obedientes com aqueles que tinham melhor situação financeira.

O latim não era uma língua ensinada em sua escola e Boole decidiu aprender por conta própria. Obteve ajuda do dono de uma livraria sobre algumas noções gramaticais. Ele conseguiu traduzir versos de Horácio para o inglês com apenas 12 anos, tendo seu feito publicado no jornal local.

Isso originou duas correntes: uma que elogiava e outra que criticava o menino. Um professor chegou a duvidar de sua capacidade, isso fez com que ele se sentisse desafiado e estudasse até dominar o latim. Passou a se interessar também por grego.


Boole e a Matemática

Na matemática o seu conhecimento inicial foi dado pelo seu pai. Ao terminar a escola, ele fez um curso comercial, começando a lecionar aos 16 anos com a intenção de ajudar seus pais em casa.

Desde então, passou a procurar profissões que oferecessem melhores perspectivas. Optou por se tornar padre, o que de fato, não aconteceu. Mas, durante o tempo de estudo ele aprendeu línguas como alemão, francês e italiano. Essas foram essenciais para o seu desenvolvimento.

Com isso, aos 20 anos, abriu uma escola de ensino de matemática, com a intenção de atingir o padrão das melhores escolas, buscando grandes matemáticos e tendo alguns trabalhos iniciais ignorados por muitos, exceto alguns que reconheceram algo de supremo.

Vale lembrar ainda que sem os seus estudos a Teoria da Relatividade não seria possível.

No caminho do seu desenvolvimento, estudou grandes matemáticos e obras difíceis, sempre em estudos solitários, até que um dia notou que o que havia algo de uma ordem mais elevada nas relações algébricas nas quais os demais viam apenas beleza, sendo reconhecido por sua originalidade e estilo por D. F. Gregory, e quem foi amigo a vida inteira.

George Boole seguiu lecionando, mas agora conhecia e trocava correspondência com os principais matemáticos do país. Publicou seu primeiro livro em 1838.

O fato é que desde que criou o seu trabalho pioneiro, a sua obra vem sendo aprimorada. Tem grande importância nos dias de hoje para os sistemas de computação.

Boole casou-se com Mary Everest, sua devotada discípula, um ano após a publicação da sua obra-prima e faleceu em seguida, no ano de 1864, por causa de uma pneumonia.

Álgebra Booleana

A álgebra booleana, ou álgebra de boole , nada mais é do que uma estrutura algébrica que capta as propriedades essenciais dos operadores lógicos de um conjunto, bem como oferece uma estrutura para que seja possível lidar com afirmações.

O termo álgebra booleana é uma homenagem ao seu criador, George Boole, um matemático britânico que era autodidata.

Inicialmente, Boole inseriu o sistema algébrico em um pequeno panfleto, que foi publicado ainda no ano de 1847, como forma de uma resposta a controvérsia que havia surgido nos cursos de outros matemáticos.

Mais tarde, no entanto, em 1854, ele publicou um livro sobre o assunto, chamado The Laws of Thought.

O fato é que a formulação de Boole se difere das demais por aspectos muito importantes, como a disjunção e a conjunção que, em Boole, não constituía um duplo par de operações.

Entretanto, surgimento da álgebra booleana só aconteceu na década de 1860, em artigos de Charles Sanders Peirce e William Jevons. Já a primeira apresentação sistemática da álgebra booleana e de reticulados distributivos se deve ao Vorlesungen de Ernst Schröder de 1890.

Obras de George Boole

George Boole, publicou iniciou em 1847 o seu livro “A Análise da Matemática Lógica” juntamente com escocês Sir William Hamilton e De Morgan.

Já o ano de 1854 ele publicou o material que ficou conhecido como a sua obra prima, chamado “Na Investigation into the Laws of Thought”. Em tradução significa “Uma investigação das leis do pensamento”. Ela tinha sua base nas teorias matemáticas de lógica e probabilidade. Conseguiu estabelecer concomitantemente a lógica formal e também uma nova álgebra.

Já entre seus trabalhos que foram publicados, quando ele já havia recebido títulos de Universidades importantes, como a Dublin e a de Oxford, podemos encontrar “Tratado em Equações Diferenciais” de 1859 e o “Tratado em Cálculo de Diferenças Finitas”, de 1860, sem falar em mais outros 50 trabalhos a respeito de propriedades básicas dos números.

Frases de George Boole

George Boole, um importante matemático e filosofo tem algumas frases importantes. Tais como a da célebre descoberta do uso de algoritmos binários, que são a base da computação moderna:

“As interpretações respectivas dos símbolos 0 e 1 no sistema lógico são nada e universo””

“A probabilidade é uma expectativa fundada em um conhecimento parcial”.

A sua importância hoje

George Boole publicou seu primeiro trabalho original apenas no ano de 1840. E já em 1844 foi condecorado com uma medalha de ouro pela Royal Society por causa de seu trabalho a respeito e cálculos operadores.

No ano de 1844 ele publicou um volume com o título “The Mathematical Analysis of  Logic”. Introduziu os conceitos de lógica simbólica mostrando que ela pode ser representada através de equações de álgebra.

Tudo isso foi muito importante para que fosse possível construir e programar os computadores e eletrônicos que só foram feitos 100 anos mais tarde. Lembrando que a álgebra de Boole tem apenas 3 operadores, que são E, OU e NÃO.

No ano de 1937, quase 75 anos depois da morte de Boole, um estudante do MIT de Boston, chamado Claude Shannon, fez a relação entre a álgebra de Boole e os circuitos eletrônicos. Ele transferiu os estados lógicos de SIM e NÃO para diferentes potenciais do circuito.

Nos dias de hoje, todos os computadores fazem uso da álgebra de Boole materializadas na forma de microchips. Esses são compostos de milhares de interruptores em miniatura que combinam gates (portas) lógicos capazes de produzir os resultados da operações necessárias através de uma linguagem binária.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre George Boole. seus feitos, teorias e a sua importância para os sistemas que conhecemos hoje.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *