Filtro dos sonhos – Como fazer? Passo a passo, Significado, Tatuagem


O que é Filtro dos sonhos

Filtro dos sonhos ou apanhadores de sonhos. Este amuleto com origem indígena também é conhecido como caçadores de sonhos ou espanta pesadelos. Os índios da tribo norte americana Ojibwa começaram a construir esses amuletos que rapidamente ganharam popularidade. Esta cultura acreditava que as pessoas vinham como um dos objetivos na vida decifrar os sonhos que traziam mensagens diversas.

Sua principal função ao serem criados era trazer sonhos bons e afastar os ruins. Além disso, esses indígenas pensavam que o amuleto era capaz de purificar as energias do ambiente trazendo sorte e discernimento para os seus donos.

Para eles, era um símbolo dos seus costumes e, posteriormente, se transformou em símbolo da cultura indígena dos Estados Unidos. Atualmente, sua fama continua por ser considerado um amuleto de proteção. É muito comum ele ser visto em tatuagens.

Como funciona

Ao criar um filtro dos sonhos, os índios acreditavam que quando eles dormissem no período da noite, o ar no local ficava cheio de energias positivas e negativas. Sendo assim, o amuleto responsável por separar um dos outros trazendo proteção contra o mal e aproximando apenas coisas positivas.

O filtro dos sonhos é um círculo feito com fibras de plantas, tiras de couro ou de algodão. Neste circulo são amarrados diversos fios que lembram uma espécie de teia. Recordam muito o formato de uma teia de aranha com uma abertura central dentro do círculo.

Na parte de baixo desta teia é inserida uma pena de ave e/ou outros adereços da cultura dos índios. Os indígenas norte americanos tinham preferência por penas de coruja. A ave é o símbolo da sabedoria até os dias atuais.  Outro significado importante para as penas colocadas no amuleto é que elas representam a pureza e o ar, um dos elementos para a vida.


De acordo com a cultura indígena, depois de fabricado, o filtro dos sonhos deve ser colocado em um local que possa receber luz natural, ou seja, tanto do sol como da lua. Os indígenas diziam que os sonhos bons continham as mensagens que precisavam ser decifradas e somente esses sonhos conseguiam passar pelo filtro dos sonhos. A teia formada pelos fios entrelaçados seria capaz de prender os sonhos negativos, ficando presos e afastando as energias negativas.

Elementos que o compõe

O filtro dos sonhos é composto por diferentes elementos e cada um deles tem seu significado. Os elementos são: círculo, teia, centro e penas. Saiba mais o que cada um quer dizer.

Círculo

O primeiro elemento descrito é considerado também o principal. Ele é feito, geralmente, de vara de salgueiro-chorão, uma planta que simboliza a vida. O círculo é revestido por tiras de couro trazendo a ideia de que existe a eternidade.

Teia

A teia vem com a representatividade da alma do ser humano. Este elemento recorda ainda as escolhas feitas por cada um, a ideia do livre arbítrio e as relações consolidadas na vida. A teia representa, ainda, o caminho a ser percorrido durante a vida humana.

Centro

O penúltimo elemento é o centro. Ele representa o universo e toda a sua força. Traz a importância da criação e do ser humano. A individualidade de cada um.

Penas

O último elemento a ser considerado no filtro dos sonhos são as penas. Elas representam o ar. Para os indígenas, a pena de uma ave fêmea representa a sabedoria e no caso de um macho estaria mais relacionada a coragem.

Lenda do Filtro dos Sonhos

Diversas lendas estão relacionadas ao filtro dos sonhos. Uma das mais conhecidas e contadas é sobre um antigo xamã que subiu em ao topo alto de uma montanha atrás de sabedoria.  Quando ele chegou ao local encontrou um espirito de magia (chamado de Iktomi) que tinha a forma de uma aranha. Este animal teceu a teia usando pelos de um cavalo. A parte de fora da teia era construída com cipó.

Conta a lenda que a aranha ensinava o índio sobre o nascimento, morte e energias que estavam no ar. O principal ensinamento da aranha era que ele permanecesse no caminho correto, caso contrário, sua vida seria de dor e de muito sofrimento. O espirito mágico ensinou ao xamã que por meio do filtro dos sonhos ele conseguiria filtrar boas energias. Os sonhos trariam inspiração e muita criatividade. Seria um amuleto capaz de transformar os sonhos em realidade.

Até hoje acredita-se que esta lenda inspirou o xamanismo a considerar o filtro dos sonhos em um objeto de transformação. Uma mandala até pelo formato como pelo objetivo.

Tatuagem

Como mencionado anteriormente, o filtro dos sonhos tem grande popularidade nos dias atuais devido as tatuagens. Muitas pessoas escolhem fazer o desenho em seus corpos por acreditarem que eles são símbolos de proteção e atraem coisas positivas em suas vidas.

Cores

O filtro dos sonhos pode ser feito de qualquer cor. Porém cada cor tem seu significado.

Como fazer um filtro dos sonhos – Passo a passo

Fazer um filtro dos sonhos é algo simples. Basta ter os materiais necessários para a sua construção. Você precisará de:

  • Tesoura
  • Alicate para cortar o arame (caso você faça o filtro com este material)
  • Arame ou algo redondo que possa ser utilizado
  • Fitas
  • Agulhas
  • Barbante ou fios coloridos
  • Pedras e miçangas
  • Penas

Para começar a fazer o filtro dos sonhos é preciso enrolar a fita no aro de arame. Ele deverá ser todo coberto e ao final prendido com um nó. Usando como base este nó, dê voltas para formar uma teia. Tente manter a mesma distância um do outro para deixar seu filtro dos sonhos padronizado. Insira uma argola ou fitas que permitam você pendurar o amuleto. Na parte debaixo decore com as penas, pedras e miçangas.

 


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *