Diagrama de Ishikawa – O que é? Como usar? Origens e Exemplos

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

O diagrama da espinha de peixe, como também é conhecido o diagrama de Ishikawa é uma importante ferramenta do mundo dos negócios que ajuda na compreensão de problemas, identificação de causas e oferece a possibilidade de mudança e adequação, o que é excelente em qualquer processo produtivo.

Então, para saber um pouco mais sobre esse diagrama, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse diagrama, como utiliza-lo e suas vantagens. Vamos lá?!

O que é o diagrama de Ishikawa?

O Diagrama de Ishikawa nada mais é do que uma ferramenta gráfica que é amplamente utilizada pelo setor administrativo a fim de oferecer uma melhora no gerenciamento e também no controle de qualidade de processos variados.

De uma maneira simplificada, o Diagrama de Ishikawa serve para auxiliam no processo de reflexão sobre as causas e efeitos de um problema especifico a fim de preveni-lo.

Para que ele é utilizado?

Existem diversas ferramentas na indústria atualmente, que tem como função o aprimoramento e manutenção na qualidade de produção e produtos, tal como o Diagrama de Ishikawa.

Então, esse diagrama é amplamente utilizado para que se possa observar resultados e melhorar estratégias, resolvendo possíveis gargalos de uma produção, levando a um resultado final melhor.

O Diagrama de Ishikawa também é conhecido como diagrama espinha de peixe ou diagrama da causa e efeito.

Essa ferramenta gráfica serve para a realização do gerenciamento e controle de qualidade e o melhor de tudo é que ela pode ser aplicada em diversos processos distintos.

Com ela os problemas da estrutura são classificados em tipos diferentes o que permite hierarquizar as possíveis causas de problemas e também as possibilidades de melhoria para cada um deles.

Origem do diagrama

O diagrama de Ishikawa tem esse nome graças ao seu criador, Kaoru Ishikawa, um engenheiro químico. Ele desenvolveu essa ferramenta ainda no ano de 1943, tendo sido aperfeiçoado nos anos seguintes.

O principal objetivo do criador do diagrama de espinha de peixe era ajudar as pessoas a organizarem seu pensamento e raciocínio a respeito de um problema existente em diversos processos distintos, principalmente na produção industrial.

Como fazer o diagrama de Ishikawa?

O diagrama de Ishikawa é relativamente simples de ser realizado. Mas, antes de começar o desenho existem alguns passos que devem ser seguidos. Tais como:

  • Estabelecer o problema que irá ser analisado através do diagrama e também o objetivo que se pretende alcançar; Para isso devem ser evitadas palavras vagas e ideias abstratas.
  • Reunir informações necessárias acerca do problema em voga.
  • Agregar um grupo de pessoas que possa auxiliar na criação desse diagrama. Depois oferecer as informações que se tem acerca do mesmo a fim de promover um exercício de brainstorming a respeito do mesmo.
  • Organizar todas as informações obtidas de uma forma mais concisa, apontando as causas principais e excluindo informação supérflua.
  • Realizar o desenho do diagrama considerando que todas as causas listadas devem estar de acordo com os 6M’s no qual o diagrama de Ishikawa se baseia. Elas são: medição, matéria prima, mão de obra, método, meio ambiente e máquina.

Feito isso certamente será possível identificar o caminho certo a ser seguido e as alternativas que o diagrama irá proporcionar para o problema em questão. No entanto, é preciso ressaltar que alguns componentes são indispensáveis na hora da montagem tais como:

  • Cabeçalho: contendo título, autores, data e etc.
  • Efeito: que é o problema e o indicador de qualidade que serão analisados. Lembrando que o efeito normalmente ocupa toda a lateral direita da folha.
  • Eixo central: é a parte que é representada pela flecha horizontal. Fica apontada para o efeito, bem no meio da folha.
  • Categoria: é o indicador daqueles grupos de fatores que são mais importantes relativos ao efeito. Nesse caso, as flechas saem do eixo centra inclinadas.
  • Causas: a possível causa faz parte de uma categoria que pode colaborar para o efeito. Aqui, as flechas irão constituir a linha horizontais que estão apontadas para a flecha da categoria.
  • Sub-causa: a possível causa pode contribuir para uma causa específica, ou seja, são derivadas de uma causa.

Benefícios do diagrama

O uso do diagrama de Ishikawa traz diversos benefícios. O primeiro deles é a maior facilidade na organização de pensamentos e ideias a respeito de um problema, facilitando sua observação de uma forma ordenada. Além disso, existem alguns outros benefícios que podem ser citados, tais como:

  • Possibilidade de obter diferentes opiniões de uma mesma equipe de trabalho.
  • Facilidade de aplicação.
  • Direcionamento dos itens que devem ser verificados para que se possa identificar as causas.
  • Pouco esforço para a aplicação da prática.
  • Maior entendimento dos efeitos e causas.
  • Não existem restrições a respeito das ações dos integrantes da análise.
  • Ajuda no aperfeiçoamento de diversos processos ao qual for aplicado.
  • Oferece um registro gráfico visual para que se possa visualizar o andamento.
  • Permite que se visualize de uma forma mais ampla as variáveis que pode estar interferindo no desempenho de uma atividade. Auxilia na identificação do que não está nos conformes provocando um determinado efeito

O fato é que o uso do diagrama de Ishikawa é excelente para que se possa identificar adequadamente a causa que pode gerar um efeito. O princípio de um trabalho que irá gerar uma ação de correção e melhora.

Por isso é tão importante que se envolva toda a equipe no processo. A fim de obter um melhor aproveitamento de todo o estudo, amplia-se a sua aplicação de acordo com a necessidade.

Exemplos do diagrama de Ishikawa

Diagrama de IshikawaDiagrama de IshikawaDiagrama de Ishikawa

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS
você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.