Coruja – História das Corujas, Características e Espécies

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

A fauna mundial é extremamente rica e alguns animais em particular chamam a atenção, como a coruja, que é um animal um tanto enigmático, que tem um importante significado para diversas culturas.

Então, para saber um pouco mais sobre esse animal, suas espécies, significado e muitas outras coisas, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é a coruja?

A coruja é um animal de hábitos noturnos, caracterizado por seus grandes olhos e seu voo silencioso graças a estrutura de suas pernas. Esses animais se alimentar de insetos aranhas e também de pequenos mamíferos, tal como roedores, que são engolidos inteiros e depois somente seus pelos e ossos são regurgitados.

Características

As corujas são aves de olhos bem grandes que são cercados por um disco de penas. Possuem uma visão binocular, tal como o ser humano.

No entanto, esses animais possuem hipermetropia. Ou seja, não enxergam bem as coisas que estão a poucos centímetros de si. Embora, possuam uma excelente visão para distâncias maiores, principalmente quando há pouca luz.

Uma curiosidade é que apesar de ter olhos bem grandes, os globos oculares não se mexem. Por isso, todo o movimento é feito pelo seu pescoço que rotacional a sua cabeça em um grande ângulo.

No seu período Coruja comprarreprodutivo, o macho conquista a fêmea oferecendo a ela uma presa. Se a mesma for aceita, ocorre o acasalamento entre eles. Então, a fêmea coloca cerca de 3 a 5 ovos por gestação. O tempo de incubação é de cerca de 33 dias.

Depois de nascidos, os filhotes de preparam para voar com cerca de 75 dias de vida. Diferentemente do que acontece nas demais espécies, depois que os ovos eclodem quem fica cuidando deles por 2 meses é o macho, até que possam se defender.

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS

Os ninhos da maioria das espécies ficam localizados em árvores, como é mais comuns. Mas, algumas escolhem áreas mais baixas, cavam o chão no sentido vertical e depois horizontalmente. Cavam até se sentirem livres de predadores.

O macho fica próximo do local, em uma árvore perto do ninho cuidado a aproximação de predadores, especialmente durante o dia. Os filhotes, na presença de um predador, podem imitar o som emitido por uma cobra a fim de espantá-lo.

As orelhas da  coruja não são visíveis. Porém, apresentam uma audição aguçada que as torna capazes de caçar até mesmo no escuro. Isso porque o disco de penas que se encontra ao redor dos seus olhos direciona os sons produzidos pelas presas diretamente para o ouvido da coruja.

O tamanho de uma coruja pode variar entre 25cm a 70 cm. O peso varia entre 60g até 4kg, sendo que as fêmeas normalmente são maiores que os machos.

Espécies de coruja

Tanto as corujas quanto caborés e mochos são compreendidos na ordem dos Strigiformes. Nada mais são do que aves de rapina noturnas que ganham destaque por sua cabeça grande, plumagem densa e olhos que se destacam.

Pois o fato é que as Strigiformes são divididas em duas famílias e 126 espécies. 18 destas espécies existem no Brasil. No entanto, esse animal pode ser encontrado por quase o mundo inteiro, menos em parte da Groenlândia, na Antártica e outras ilhas mais remotas.

O inegável é que existem diversas espécies de coruja. Existe desde a coruja das neves, que mora no Polo Norte, até a coruja da Filipinas, que é uma exímia pescadora. Já no Brasil as mais populares são suindara e também a coruja igrejeira. Elas tem por costume fazer seu ninho em casas abandonadas ou em torres de igrejas.

História

Existem ainda muita divergência a respeito da origem real da palavra “coruja”. No entanto, o mais provável é que ela seja de origem onomatopaica.

Em sua origem no latim medieval, havia um “curugia”. Os U’s da palavra representariam o prolongado som emitido pela ave.

Coruja e a sua simbologia

A coruja é um animal considerado o símbolo da sabedoria, bem como do conhecimento intuitivo e racional. A origem disso pode ser porque a deusa Athena, que era a deusa adasabedoria na mitologia grega, tinha sempre consigo uma coruja.

Além disso, os gregos consideravam que a noite era um dos melhores momentos para se ter pensamentos filosóficos. Como a coruja é um ser notívago, era considerado com a representação da busca pelo conhecimento.

Isso porque enquanto todos estão dormindo a coruja está acordada, vigilante e com os olhos bem abertos. Atenta ao que acontece na noite, representa um profundo e vasto conhecimento do oculto.

Mais do que isso, como os globos oculares da coruja não se movem, seu pescoço tem a capacidade de dar uma volta de até 270º. Ela observa tudo ao seu redor sem que o resto do corpo faça qualquer tipo de movimento.

Por tudo isso a coruja foi adotada como símbolo. Não somente dos escoteiros, como também dos estudantes de Letras, Pedagogia e filosofia.

Tatuagem de corujas

Coruja simbologiaCoruja caracteristicasCoruja pedagogiaCoruja desenho

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a coruja, suas espécies e seus hábitos. E o profundo significado que esse animal tem para diversas culturas ao redor do mundo!

Cursos Grátis Online com Certificado. São mais de 2000 Cursos. Clique no botão abaixo e escolha seu curso:

LISTA DE CURSOS
você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.