Conectivos – O que são? Quais os tipos? Como Usar?


O que são conectivos?

Os conectivos são elementos que ligam as orações, são essenciais na escrita de um texto, pois estão intimamente relacionados com a coesão texual. Os conectivos são conjunções, palavras invariáveis que conectam as orações, frases, períodos, parágrafos e permitem a sequência lógica de ideias. Alguns advérbios e pronomes podem exercer a função de um conectivo. É importante sabe o sentido que o autor quer dar àquela frase. Pois assim, escolhe o melhor conectivo e a sua função na frase.

Para que um texto tenha sentido para o leitor, é preciso que o autor se expresse de maneira clara e satisfatória. Os conectivos são instrumentos que permitem a relação coesa e organizada entre as ideias. Um texto com organização e coesão alcançam o propósito de comunicar, uma vez que, se os leitores não entendem a mensagem, o objetivo do texto não foi alcançado. Os conectivos ajudam na melhor comunicação escrita.

Para fazer o uso dos vocábulos é necessário ter um período composto, formado por duas ou mais orações. Essas orações podem ser independentes umas das outras, formando o período composto por coodernação. Se forem dependentes sintaticamente, as orações são chamadas de surbordinadas. Os conectivos unem duas orações coordenadas e dão sentido às orações subordinadas.

Lista de conectivos

Em primeiro lugar, antes de mais nada, primeiramente, acima de tudo, antes de tudo. Principalmente, em princípio, primordialmente, sobretudo, a priori, a posteriori, precipuamente.

Enfim, então, logo depois, logo, logo após, imediatamente, no momento em que, pouco antes, a princípio, pouco antes, no momento em que, pouco depois, posteriormente, anteriormente, afinal, em seguida. Finalmente, por fim, agora hoje, atualmente, frequentemente, eventualmente, constantemente, às vezes, por vezes, sempre, raramente, ocasionalmente, não raro, simultaneamente, ao mesmo tempo, nesse meio tempo. Nesse ínterim, nesse hiato, enquanto, quando, depois que, antes que, logo que, assim que, sempre que, todas as vezes que, desde que, cada vez que, já, mal, nem bem, apenas.

Da mesma forma, igualmente, assim também, similarmente, do mesmo modo, analogamente, semelhantemente, por analogia, de conformidade com, de maneira idêntica, de acordo com. Conforme, segundo, sob o mesmo ponto de vista, tanto quanto, tal qual, como, como se, bem como, assim como.


Caso, se, eventualmente. Ainda mais, além disso, ademais, demais, outrossim, também, por outro lado, nem, e, como também, não só, bem como, não apenas. Provavelmente, talvez, possivelmente, quem sabe, é provável, quiça, não certo, se é que. Por certo, indubitavelmente, com certeza, inquestionavelmente, sem dúvida, inegavelmente.

De súbito, inesperadamente, subitamente, imprevistamente, de repente, surpreendentemente. Aliás, ou seja, isto é. Com a finalidade de, com o fim de, como propósito de, a fim de, com o intuito de, a fim de que, para que, ao propósito, para. a, aquilo, aquela, aquele, fora, dentro, aqui, acolá, além, ali, lá, esta, este, isto, essa, esse, isso, justo a ou de, próximo a ou de, perto de.

Pois, por consequência, já que, por conseguinte, portanto, de fato, que, haja vista, de tal forma que, como (sentido de porquê), como resultado, assim, por isso, com efeito, tão, tamanho, por causa de, em virtude de, porque, uma vez que, porquanto, visto que. Em contrapartida, em contraste com, pelo contrário, exceto, salvo, menos, contudo, todavia, mas, no entanto, entretanto, apesar de, embora, ainda que, posto que, mesmo que, ao passo que, posto que.

Prioridade e relevância

Esses conectivos muito usados, geralmente, no início das frases para apresentar uma ideia. Dão ênfase e relevância no que está sento dito.

Exemplos: Em primeiro lugar, antes de mais nada, primeiramente, acima de tudo, antes de tudo, principalmente, em princípio, primordialmente, sobretudo, a priori, a posteriori, precipuamente.

Conectivo de Tempo

São conectivos bastante utilizados em textos narrativos por situar o leitor na ordem dos fatos, ideias e acontecimentos.

Exemplos: Enfim, então, logo depois, logo, logo após, imediatamente, no momento em que, pouco antes, a princípio, pouco antes, no momento em que, pouco depois, posteriormente, anteriormente, afinal. Outros exemplos: em seguida, finalmente, por fim, agora hoje, atualmente, frequentemente, eventualmente, constantemente, às vezes, por vezes, sempre, raramente, ocasionalmente, não raro, simultaneamente, ao mesmo tempo, nesse meio tempo, nesse ínterim, nesse hiato, enquanto, quando, depois que, antes que, logo que, assim que, sempre que, todas as vezes que, desde que, cada vez que, já, mal, nem bem, apenas.

Semelhança ou comparação

Esses conectivos são utilizados para estabelecer uma relação entre ideias ou conceitos apresentados anteriormente no texto. Podem apontar ideias de outros textos, criando uma intertextualidade.

Exemplos: Da mesma forma, igualmente, assim também, similarmente, do mesmo modo, analogamente, semelhantemente, por analogia, de conformidade com, de maneira idêntica, de acordo com, conforme, segundo, sob o mesmo ponto de vista, tanto quanto, tal qual, como, como se, bem como, assim como.

Conectivos de condições

São termos usados em situações ou circunstâncias que oferecem hipóteses para uma situação do futuro. Indicam possibilidade.

Exemplos: Caso, se, eventualmente.

Continuação

Quando é necessário acrescentar uma ideia ao texto, que se relaciona ao conteúdo apresentado anteriormente, são usados os conectivos de adição ou continução.

Exemplos: Ainda mais, além disso, ademais, demais, outrossim, também, por outro lado, nem, e, como também, não só, bem como, não apenas.

Dúvida

Servem para inserir uma possibilidade, indicar uma dúvida no texto. São conectivos que expressam incertezas.

Exemplos: Provavelmente, talvez, possivelmente, quem sabe, é provável, quiça, não certo, se é que.

Conectivos de ênfases

São os conectivos usados para destacar uma ideia. Quando temos certeza de algo, utilizamos esses termos para enfatizar esta opinião.

Exemplos: Por certo, indubitavelmente, com certeza, inquestionavelmente, sem dúvida, inegavelmente.

Surpresa ou imprevisto

Em textos narrativos e descritivos, esses conectivos são usados para destacar uma ideia de surpresa, se referir a algo que não estava previsto.

Exemplos: De súbito, inesperadamente, subitamente, imprevistamente, de repente, surpreendentemente.

Ilustração

Conectivos de ilustração são empregados para esclarecer uma ideia ou conceito colocados no texto.

Exemplos: Aliás, ou seja, isto é.

Conectivos de Propósito

Esses conectivos são utilizados pelo autor com algum propósito ou objetivo definido. Ou seja, representa a finalidade relacionada que deseja alcançar.

Exemplos: Com a finalidade de, com o fim de, como propósito de, a fim de, com o intuito de, a fim de que, para que, ao propósito, para.

Lugar ou distância

Conectivos de lugar ou distância são utilizados para indicar a distância entre dois pontos. Geralmente são pronomes demonstrativos e advérbios de lugar

Exemplos: a, aquilo, aquela, aquele, fora, dentro, aqui, acolá. Além, ali, lá, esta, este, isto, essa, esse, isso, justo a ou de, próximo a ou de, perto de.

Conectivos de Causa ou consequência

Estes termos servem para explicar os motivos de causa ou consequência de uma ação, acontecimento ou fenômeno.

Exemplos: Pois, por consequência, já que, por conseguinte, portanto, de fato, que, haja vista, de tal forma que. Como (sentido de porquê), como resultado, assim, por isso, com efeito, tão, tamanho, por causa de, em virtude de, porque, uma vez que, porquanto, visto que.

Conectivos de Contraste

Esses conectivos servem para indicar oposição. Como o próprio nome já diz, são usado para mostrar a oposição entre duas ideias ou conceitos.

Exemplos: Em contrapartida, em contraste com, pelo contrário, exceto, salvo, menos, contudo, todavia, mas, no entanto. Entretanto, apesar de, embora, ainda que, posto que, mesmo que, ao passo que, posto que.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *