Autocracia – O que é? Características, Autocracia Burguesa


A autocracia é um conceito político que é usado para simbolizar a forma de governo onde o poder não se centraliza em um único indivíduo. Portanto, não possibilita a participação de outras pessoas ou grupos sociais.

A autocracia foi presente em diversos momentos da história da humanidade. Porém, hoje em dia a forma mais comum é a democracia, apesar de não inibir que alguns personagens políticos se coloquem sobre os outros poderes para manter-se em seu lugar por um período longo.

O que é autocracia?

Autocracia é um regime político. Todas as decisões e leis são fundadas nas crenças do governante, onde o poder do líder é absoluto.

Autocracia também pode ser definida como o governo de um só. Um exemplo disso, é o governo da ditadura da Alemanha na época de Adolf Hitler, que governou tomando decisões baseadas apenas em suas crenças.

O que significa a palavra autocracia?

A palavra autocracia vem do grego, onde “autos” significa um só e “kratos” significa governo. Portanto, o significado da palavra autocracia é de governo por si próprio ou um só governo.

Conceito da autocracia

A autocracia é um tipo de governo, onde apenas uma única pessoa deve tomar a decisão. Essa pessoa pode ser de origem distinta, como militar, sindical, profissional, entre outras.


A autocracia determina que o líder imponha suas decisões com firmeza para que não possa surgir nenhum tipo de oposição. Caso tenha, ela deve ser desfavorecida. É exatamente esse o motivo que os governos autocráticos possuem tolerância zero e repressão para os seus opositores.

Autocracia Burguesa

Outro fator interessante das autocracias é que elas podem ser geradas dentro de outros governos, onde um líder pode ser escolhido através de eleições livres. Porém, uma vez chegado o poder, esse líder pode se tornar uma pessoa autoritária.

O que é a autocracia burguesa?

O termo surgiu através do sociólogo Florestan Fernandes, que influenciou um grupo, no caso a burguesia, no poder e no desenvolvimento do capitalismo brasileiro.

A autocracia burguesa não é um regime político. Porém, as tomadas de decisões públicas acontecem a partir da posição da burguesia, que é influenciada pelo imperialismo dos países centrais.

Principais características da autocracia

Etimologia: A autocracia pode ser entendida como “poder por si só”. Isso devido ao fato do estado estar concentrado em uma régua que o usa para reger e manter o governo.

Concentração de poder: Uma das características fundamentais do governo é a concentração do poder em um único líder. Não existe autocracia sem um autocrata, que é um único responsável por impor suas crenças.

Subida ao poder: Para chegar ao poder, um autocrata pode ser eleito em uma eleição popular e posteriormente impor a autocracia. Utiliza truques legais e os próprios poderes republicanos para determinar as coisas conforme as suas crenças.

Repressão: A repressão a pessoas que discordam das crenças impostas são uma das características mais marcantes da autocracia.

Corrupção: A corrupção é uma característica importante. Pois, sem ter nenhum tipo de poder e oposição, os aliados e o líder possuem quase absoluta impunidade. Podem até mesmo enriquecer de forma ilegal, acumular recursos e cometer crimes, sem ser julgado.

Violência: Num governo onde impera a autocracia, aumentam as chances de violência, principalmente em movimentos de oposição, onde o terror, a violência e a tortura podem ser frequentes para quem se recusa a cooperar com o poder.

Culto da personalidade: O líder de uma autocracia deseja ser adorado e isso se fortalece pelas estruturas do Estado e o culto á personalidade do líder.

Exemplos de governos autocráticos

O indivíduo que possui o poder absoluto e faz uso dele da forma que lhe convém, sem se preocupar com a opinião dos governados, é um governante autocrático.

As monarquias absolutistas, por exemplo, no período czarista na Rússia e absolutista na França eram regimes autocráticos.

A Rússia antes da Revolução de Outubro foi governada por Czar, que era um Imperador local que pertencia á nobreza história russa. Já a França do século 15 foi governada por Luís XIV, que era um monarca absolutista que não estava sujeito a nenhum tipo de regulamentação institucional.

A Espanha de Francisco Franco, também é um exemplo de governo autocrático. O exército conservador espanhol colocou fim á Guerra Civil Espanhola no século XX através de uma ditadura que sumiu com milhares de oponentes e concentrou neles os poderes políticos.

A Cuba da Revolução é outro exemplo de governo autocrático. Foi governada com uma mão de ferro por Fidel Castro, que surgiu após a Revolução Socialista que teve grande apoio popular. Porém, todos os poderes ficaram concentrados em Fidel Castro e ele governou até sua morte, quase se tornando um monarca.

Pergunta dos leitores

Já teve uma autocracia no brasil?

Sim, e o ápice da autocracia burguesa no Brasil aconteceu no período da Ditadura Militar. O Estado tornou-se a potência do poder burguês, onde somente eram defendidos os interesses próprios e estendida a ordem social da própria burguesia.

Esse período também foi marcado pelo controle militar. Esse realizava repressão nos indivíduos que não eram a favor do governo, assim como colocavam impostas as suas crenças.

Quais filmes falam sobre a autocracia?

O filme “A Onda” (2011) é o filme mais específico sobre a autocracia, onde o seu roteiro foi uma refilmagem de um filme do mesmo nome de 1967, sendo baseado em fatos reais.

O filme “A Onda” narrava uma escola de ensino médio da Alemanha, onde o professor dava aula em um curso com duração de uma semana sobre a autocracia e deixava as aulas mais lúdicas para que os alunos pudessem expor normas fascistas, para que fossem capazes de abstrair os fundamentos de uma ditadura dentro da sala de aula.

Outros filmes que falam sobre a autocracia são: “Tudo Pelo Poder” (2011), “O Capital” (2012) e “O Quinto Poder” (2013).


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *