Aquiles – Significado e Origem do nome, O Calcanhar de Aquiles


Aquiles foi um herói da mitologia grega. Foi um dos guerreiros da Guerra de Troia e o protagonista da Ilíada, de Homero. É conhecido como o melhor e o mais bonito herói da Grécia. Inspira diversos artistas a desenvolver pinturas e esculturas sobre ele. Apesar de sua força, Aquiles tinha um ponto fraco, seu calcanhar, que o levou a morte em sua última batalha.

As obras literárias também tratam sobre ele. As principais são Ilíada e a Odisseia, onde mostram o nascimento e toda a trajetória de vida dele. Já a tragédia Ifigénia em Áulide, de Eurípedes, conta o que acontece após a morte do herói. Posteriormente, o dramaturgo francês Jean Racine fez uma releitura da obra. Ela foi transformada numa ópera, pelas mãos do compositor alemão Christoph Willibald Gluck.

História de Aquiles

Mesmo antes de nascer, Aquiles já prometia ser uma lenda, um homem de grande poder e importância. Filho de Tétis e Peleu, rei dos mirmidões, foi protegido por sua mãe logo ao nascer. Ela o levou até o rio Estige, que banhava o inferno de Hades, e mergulhou a criança nas águas, para torná-lo imortal. Mas, Tétis teve que segurar ele pelos calcanhares, tornando essa parte mortal e vulnerável, diferente do resto de seu corpo, que era impenetrável. Essa preocupação materna deveu-se a profecia que decretava a morte dele em uma batalha por glória e vingança.

Calcanhar de Aquiles

Aquiles foi educado aos cuidados do centauro Quíron, no monte Pélion, que o ensinou a lutar, caçar e todas as outras coisas que deveria saber como cidadão naquele tempo. Essa tranquilidade não durou por muito tempo, quando Calcas, um vidente viu que ele era o homem mais importante para a tomada de Tróia.

 

Um guerreiro

Apesar do temor de sua mãe, ele foi ao campo de batalha no comando de 50 navios. O guerreiro lutou em diversos lugares, mas sua grande batalha foi a Guerra de Troia. Na ocasião, Aquiles abandonou a luta por ter sido traído por Agamenon e, ao sair da guerra, os gregos começaram a ser derrotados. Mesmo ouvindo os súplicos de seu povo, ele negava-se a lutar. Ao mesmo tempo, o herói não queria que seu povo cedesse e pediu ajuda aos deuses. Então, a batalha tomou outro rumo. Pátroclo, o melhor amigo de Aquiles, colocou a armadura dele e comandou o exército, mas ele morreu em batalha, assassinado por Heitor. Aquiles ficou furioso e com sede de vingança.


A morte de Pátroclo motivou o guerreiro a retornar ao campo de batalha, matando todos que via pela frente, até que encontrou Heitor e, por três vezes, os dois guerriaram ao redor da cidade de Troia. Mas Aquiles só conseguiu vingar a morte de seu amigo com ajuda de Atena.

Com sua vingança atingida ele deixou as batalhas mais uma vez. Viveu tranquilamente e agora com seu novo grande amigo Antílope. Novamente, a paz não reinou por muito tempo, já que Mêmnon, o poderoso rei da Etiópia, matou o Antílope. Esse foi o estopim para acender a fúria de Aquiles de novo, fazendo-o retornar às guerras.

Com apenas sua espada e escudo, Aquiles abriu o exército inimigo ao meio, matando a todos até alcançar o rei. Mêmnon foi morto pelo guerreiro, mas na hora que deu o último golpe no rei, Páris, o filho do Rei morto, lançou uma flecha no calcanhar de Aquiles, matando-o.

Significado do nome Aquiles

Significa sofrimento do povo, dor da nação, calor da criação e espírito de vida. Este é o nome dado a aquele que é batalhador, esforçado, também tem a conotação de beleza. O homem que tem esse nome carrega consigo as referências de coragem e beleza.

Origem do nome

O nome pode ser interpretado como uma combinação de achos, que significa “luto” e de laos, “povo” ou “tribo”. Seria o sofrimento de um povo, formando um contraste com seus feitos gloriosos na guerra. Laos tem a interpretação de “um corpo de soldados”. O nome Achilleus, Aquiles em grego, passou a ser um nome comum na Grécia desde o início do século VII a.C.

O Calcanhar de aquiles

De acordo com a lenda, a mãe de Aquiles o mergulhou no rio Estinge, que banhava o inferno, para que ele se tornasse imortal. No momento da imersão, Tétis segurou o menino pelos calcanhares, tornando o local vulnarável. Durante a Guerra de Troia, ele foi atingido por uma flecha em seu calcanhar, seu único ponto fraco, que levou o herói a morte.

Atualmente, a expressão “calcanhar de Aquiles” é usada para apontar o ponto fraco de alguém.

Outros mitos sobre ele

O guerreiro foi venerado como deus marinho em várias das colônias gregas do mar Negro. Dizem que após sua morte, juntamente com outros heróis, ele teria habitado a Ilha Branca, considerada semi-mítica.

Muitos alegavam descendência de Aquiles, como os reis do Epiro, por conta de seu filho, Neoptólemo. Alexandre, o Grande também alegava a descendência pelo mesmo motivo e chegou até a visitar o túmulo de Aquiles ao passar por Troia.

A Aquiles também é atribuída a morte da amazona Helena, em combate.

O culto de Aquiles

Na Ilha Branca, localizada no mar Negro, havia um culto heroico a ele, onde um templo e um oráculo existiam até o período romano.

No épico perdido Aithiopis, Tétis, mãe de Aquiles retonou ao local para prestar homenagens e remover as cinzas de seu filho da pira funerária, para então levá-las à Ilha Branca. Lá, um túmulo para o guerreiro foi erguido e seus restos mortais ficaram na ilha.

Pergunta dos leitores

Quem matou Aquiles?

Ele foi morto por Páris, filho do Rei Mêmnon, o poderoso rei da Etiópia. Páris atirou uma flecha no calcanhar dele ao ver o guerreiro matar seu pai na guerra.

Aquiles existiu mesmo ou é só uma lenda?

Apesar de vários estudos históricos sobre as batalhas e o período, não existe comprovação de que as lutas tenham acontecido da forma que a mitologia grega conta, muito menos seus personagens. Portanto, até agora, ele é só uma lenda.

Aquiles é o Heitor?

Não,eles são duas figuras diferentes. Durante a batalha, Heitor matou o amigo de Aquiles, Pátroclo e, para se vingar da morte dele, Aquiles matou Heitor.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *