África – História, Regiões da África, Características e Racismo


Considerado o terceiro maior continente do mundo, a África é marcada pela diversidade étnica, cultural e religiosa. Acredita-se que no continente africano surgiram os primeiros seres humanos. Os fósseis mais antigos de hominídeos foram encontrados lá e possuem cerca de cinco milhões de anos.

História da África

A história da África é marcada por dominações políticas e colonizações. Desde a Antiguidade haviam colonizadores, quando os fenícios dominaram o Mediterrâneo. Depois, vieram as potências europeias com a intenção de obter escravos e explorar os recursos naturais africanos.

Com a colonização das Américas surgiu o Tráfico Negreiro, buscando negros da África para trabalharem como escravos em outras colônias europeias. O Brasil também recebeu escravos africanos até 1888, quando foi assinada a Lei Áurea.

Na metade do século XX, a Segunda Guerra Mundial deixou a Europa sem condições econômicas e militares para manter suas colônias. Então, os movimentos de independência africana se intensificaram e iniciaram a descolonização. A primeira nação a se emancipar foi o Egito, em seguida África do Sul e Etiópia. Com isso, surgiram pelo menos 49 nações africanas independentes.

Aos poucos, os países foram declarando sua independência política, mesmo com todas as dificuldades. Porém, a divisão dos territórios foi definida pelo ponto de vista europeu, que não levou em conta as questões étnicas e culturais, separando tribos aliadas e unindo grupos rivais, o que desencadeou uma série de conflitos na África. Essa instabilidade política dura até hoje.

Africa atualmente

O continente ainda sofre com doenças e pobreza. Os principais problemas atuais são: fome, subnutrição, baixa expectativa de vida e analfabetismo.


Muitos países ainda estão envolvidos em conflitos armados por autonomia política. A África tem problemas na infraestrutura da saúde, educação e saneamento, além de dificuldades econômicas. Apesar disto, há países lá com boa qualidade de vida, como Líbia e África do Sul.

Clima da África

No continente africano existem seis tipos de clima. Na região norte prevalece o clima semiárido e desértico, com temperaturas elevadas e escassez de chuvas, onde fica o deserto do Saara.

O clima equatorial tem altas temperaturas e elevado índice pluviométrico. No extremo norte, encontramos o clima mediterrâneo, predominantemente quente com invernos úmidos e temperaturas mais amenas. Já o clima tropical, o mesmo do Brasil, traz verões chuvosos e invernos secos.

O clima de montanha pode ser encontrado nas partes mais altas da África, como o planalto da Etiópia. A altitude mantém o clima com baixas temperaturas e pouca chuva.

Clima na África
(Mapa por Rodolfo Alves Pena)

Fauna e flora da África

A vegetação é influenciada pelo clima do continente. Então, onde temos o clima equatorial predominam as florestas equatoriais e tropicais. Mais ao sul e mais ao norte dessas florestas, encontram-se as savanas. Na região norte, como o clima é desértico, quase não são vistas vegetações. A vegetação mediterrânea é encontrada nos extremos norte e sul, composta por gramíneas e arbustos.

Hidrografia

Apesar das regiões norte e sul serem praticamente desérticas, os rios da África são extensos e caudalosos. O mais importante deles é o Rio Nilo, um dos rios mais extensos do mundo, com cerca de 6.700 km. Outros rios importantes são o Congo, o Niger e o Zambeze.

Possui lagos muitos extensos e profundos, a maioria situada no Grande Rift Valley, como o Vitória, o Niassa, o Rodolfo e o Tanganica. O maior é o lago Vitória com 68.870 km² de área. O único grande lago localizado fora da África Oriental é o Lago Chade e seu tamanho depende das chuvas sazonais.

Regiões

O continente tem um extenso território de quase 30,2 milhões km². A divisão regional é feita em cinco macrorregiões. Vamos conhecê-las?

Norte da África

Conhecida também como África do Norte ou África Setentrional, é banhada, em sua maior parte, pelo Mar Mediterrâneo. É aqui que se encontra o deserto do Saara. Tem cinco países entre os sete maiores PIB do continente, além do maior grau de industrialização e escolaridade, são eles: Egito, Argélia, Marrocos, Líbia e Tunísia.

Países: Egito, Líbia, Argélia, Tunísia e Marrocos.

África ocidental

É a região com maior número de países e menor número de estados, um resultado da colonização. São quinze nações que dividem um espaço formado por áreas desérticas e florestas tropicais. Em sua economia local, tem a Nigéria como o maior produtor de petróleo africano.

Países: Cabo Verde, Guiné, Libéria, Benin, Senegal, Gâmbia, Mali, Guiné-Bissau, Mauritânia, Togo, Burkina Faso, Gana, Níger, Nigéria e Serra Leoa.

África central

A região ficou conhecida no mundo devido aos conflitos no antigo Zaire, que o transformaram em República Democrática do Congo. Os principais motivos do confronto foram as rivalidades étnicas e a briga por recursos naturais. A região é rica em cobre, diamantes, petróleo urânio e manganês.

Países: Chade, Gabão, São Tomé e Príncipe, Congo, República Centro-Africana, Camarões, República Democrática do Congo, Guiné Equatorial.

África oriental

Também conhecida como “Chifre da África” por seu formato, a região do extremo leste é uma área bem diversificada. Possui alguns países urbanizados e outros repletos de problemas causados pelas suas guerras civis.

Países: Uganda, Etiópia, Burundi, Tanzânia, Quênia, Eritreia, Somália, Djibuti, Sudão e Ruanda.

África meridional

É a região chave do continente, além de possibilitar a integração regional, dois terços da produção de petróleo vindo do Oriente Médio em direção ao Ocidente passa pela África Meridional. Apesar disto, há diferenças socioeconômicas entre a África do Sul e os outros dez países, pois é uma nação bem desenvolvida, diferente das outras regiões. Este país exerce um poder econômico centralizador na região.

Países: África do Sul, Zâmbia, Namíbia, Lesoto, Zimbábue, Malauí, Botsuana, Suazilândia, Angola, Madagascar e  Moçambique.

Religiões da África

A África apresenta vários tipos de manifestações religiosas. Existem adeptos do Hinduísmo, Judaísmo, Budismo, mas a maioria é adepta ao Cristianismo e Islamismo. Os povos, muitas vezes, praticam suas religiões tradicionais combinada com religiões monoteístas.

As religiões tradicionais de lá não possuem textos escritos ou livros sagrados a serem seguidos, mas se baseiam na tradição, passada de geração para geração. Eles celebram em forma de ritos, provérbios, danças, músicas e festas.

População na África

Atualmente, o continente tem 1,186 bilhão de habitantes e a expectativa é que suba para 2,478 bilhões em 2050, segundo a ONU.

História da África

O continente será responsável por mais da metade do crescimento da população mundial entre 2015 e 2050, devido a sua taxa de crescimento demográfico, que é a maior do mundo.

Fome na África

O continente enfrenta a maior crise humanitária desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas em risco de morte por fome em quatro países, Iêmen, Sudão do Sul, Somália e Nigéria.

Essa situação se deve à uma forte seca nas regiões, que dificulta a agricultura, além de conflitos e falta de recursos. A desnutrição está crescendo, principalmente entre as crianças.

Racismo

Mesmo após o fim do Apartheid, o racismo continua presente e é visível na África do Sul. Os negros fazem os trabalhos com menores salários, enquanto os brancos ocupam cargos de chefia. Muitas pessoas que viajam para o país, contam que nos cafés e restaurantes mais caros, os brancos são os únicos a consumir. Apesar disso, há um esforço para diminuir a desigualdade por meio de um sistema de cotas para estabelecer o equilíbrio laboral.

Curiosidades sobre a África

  • 40% do ouro no mundo é encontrado na África, na região de Witwatersand. Alguns países de lá possuem os diamantes mais valiosos do planeta.
  • Com mais de 100 milhões de usuários, o Facebook é a rede social mais usada no continente.
  • A África fica apenas 14 km da Europa.
  • Os povos que vivem nas regiões da Namíbia, Botsuana e Angola, ainda vivem de forma primitiva, com hábitos parecidos aos dos homens das cavernas.

Gostou desse artigo? Dê seu voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *