PostHeaderIcon AS ARTIMANHAS DA EXCLUSÃO E DA POBREZA

AS ARTIMANHAS DA EXCLUSÃO E DA POBREZA  

 


A pobreza e a exclusão não são sinônimos, mas estão articulados.
Desqualificação, desincersão (fora de forma para a sociedade) é desafiliação (sem vínculos) favorecem a exclusão

 

Excluídos
Não é sinal de pobreza.
Informática;
Racial;
Social;
Cultural;
Idade (em relação ao trabalho / faculdade/ escola)
Obesidade (Dificuldade para arranjar emprego)
Excluídos são todos aqueles que são rejeitados de nossos mercados materiais ou simbólicos, dos nossos valores.
Devemos sempre observar o espaço e o tempo na exclusão.
No Brasil temos com muita ênfase a exclusão social. Atinge as relações econômicas, sociais, culturais e políticas
A exclusão social é um fenômeno multidimensional , supõe multiplicidades e desvinculações.
Relação social : família, comunidade, instituições, podem levar ao isolamento.
O conformismo da exclusão é fortalecido pela aceitação da fragilidade social.
Estigmas : Cicatrizes do social.
A exclusão é diferente de discriminação : Torna o individuo desnecessário ao universo do produto no Brasil. Crescem cada vez mais as distâncias  entre excluídos e incluídos. Os excluídos estão sempre muito perto de perder os direitos adquiridos.

Combate a exclusão : Exercício da cidadania constante. Exigindo combate p/subordinação e discriminação.

 

Pobreza - Conceito novo

Desempregados de longa duração, expulsos do mercado competitivo. Jovens que não conseguem assumir o mercado de trabalho. Todos aptos ao trabalho e adaptados a sociedade . Vítimas da conjuntura econômica.

Brasil : Matriz escravista brasileira. Faz parte da historia pobreza.

Estigmar a pobreza: Faz os indivíduos tornarem-se menos favorecidos no contexto da classe dominante

 

 
Visitantes
Visualizações de Conteúdo : 6037085